Como a temperatura afeta a produtividade na empresa?

Já parou para pensar em como a temperatura do ambiente afeta o seu rendimento no trabalho? Pois é, esse fator faz muita diferença para diversas atividades, estando também relacionado à produtividade na empresa. É sobre isso que queremos conversar hoje!

Na realidade, existem vários fatores ligados ao desempenho de profissionais. Em uma companhia, por exemplo, é preciso ter um bom clima organizacional, estimular a motivação e oferecer condições físicas adequadas, entre outros fatores, para promover melhores resultados.

A temperatura do ambiente é, portanto, um dos elementos fundamentais para se prestar atenção. Se você quer saber mais sobre a sua relação com a produtividade, continue a leitura!


Consequências de temperaturas inadequadas no ambiente de trabalho


Em uma pesquisa do site CareerBuilder, feita com trabalhadores dos Estados Unidos, 53% dos entrevistados afirmaram que um escritório mais frio afeta sua produtividade. Ao mesmo tempo, porém, 71% afirmaram se sentir menos concentrados com temperaturas mais elevadas.

A sensação térmica do ambiente de trabalho é um assunto sério, afetando não apenas o nosso conforto, mas também nossa produtividade e nossa saúde. Temperaturas muito elevadas podem levar a sensação de exaustão, dores de cabeça e até desmaios, entre outras questões.

Já as temperaturas muito baixas também atrapalham nossa dedicação e prejudicam o sistema de defesa do nosso organismo, nos deixando mais expostos a vírus e bactérias, por exemplo. É essencial, então, encontrar a temperatura mais indicada para o seu espaço, protegendo os funcionários e o seu desempenho.

A importância da climatização para o ambiente de trabalho

A questão da climatização, no Brasil, é tratada pela Norma Regulamentadora da Ergonomia (NR-17). Ela define que, para locais que exigem atividades intelectuais e atenção constante (como escritórios), a temperatura pode ser de 20°C a 23°C. Como as temperaturas muito altas ou muito baixas trazem uma série de prejuízos, o mais indicado é encontrar uma que seja amena, trazendo mais equilíbrio para o ambiente.

Para pensar nesse equilíbrio, é importante lembrar que diversos fatores influenciam na sensação térmica. Empresas em que os funcionários devem utilizar roupas formais, como terno e gravata, talvez possam tentar manter os 20°C, pois a vestimenta já trará mais calor, por exemplo. De qualquer maneira, é essencial prestar atenção às observações, comentários e bem-estar dos profissionais para ajudar a equilibrar.

Além disso, outros fatores que influenciam bastante aqui são a época do ano e as condições ambientais. Como essas questões estão fora do nosso controle, a climatização do ambiente de trabalho faz toda a diferença.

Com ela, você pode oferecer melhores condições aos funcionários, sem depender tanto de elementos externos. Aqui, vale a dica apenas de prestar atenção à saúde, pois o choque térmico, que ocorre quando passamos de uma temperatura alta para uma baixa (ou vice versa) rapidamente, também pode ser prejudicial.

Para finalizar, é necessário lembrar que nem sempre será possível agradar totalmente a todos, pois cada um de nós tem sensações térmicas diferentes. O importante é fazer o melhor que estiver ao seu alcance, medir constantemente a temperatura da empresa, regulando-a de acordo com os padrões adequados, pensando sempre em promover a saúde, a qualidade de vida e a produtividade.

Esperamos que tenha gostado do nosso post sobre a temperatura e a produtividade na empresa! Não deixe de compartilhá-lo em suas redes sociais para discutir essa ideia com mais pessoas!


#climadotrabalho #produtividadenaempresa

5 visualizações0 comentário