Óleo e fluido refrigerante: por que preciso sempre usar os originais?

Atualizado: 10 de mar.

Há vários processos industriais (especialmente aqueles que envolvem maquinários) que necessitam de um rigoroso controle das condições térmicas, seja para manter a segurança do local ou o parâmetro ideal de funcionamento do equipamento. Nesse contexto, ganha destaque o tema óleos e fluido refrigerante, já que é a partir das propriedades dessas substâncias que há o controle da temperatura de uma máquina.

Com vasta aplicação em maquinários como compressores, equipamentos de climatização residencial e comercial, e sistemas de refrigeração em geral, os fluidos refrigerantes são produtos facilmente encontrados no mercado. Contudo, infelizmente, há fornecedores que disponibilizam para seus clientes fluidos refrigerantes que não são originais, os quais representam um sério risco — como apontaremos a seguir.

Sendo assim, continue a leitura deste texto e tire todas as suas dúvidas sobre os óleos e fluido refrigerante!



A importância de um fluido refrigerante original


Toda máquina ou sistema operacional requer parâmetros ideais para o seu perfeito funcionamento. Um desses critérios é a temperatura, a qual o seu controle pode ser obtido a partir da aplicação de um fluido refrigerante.

Dessa forma, imagine que no manual de um compressor venha especificado que a temperatura interna do sistema não ultrapasse 60 ºC. Como o compressor não consegue fazer o próprio controle de sua temperatura, é necessário utilizarmos um fluido refrigerante, o qual, por meio de suas propriedades físicas, químicas e termodinâmicas, garantirá que o sistema não ultrapasse os 60 ºC determinados no manual.

Entretanto, quando o produto refrigerante não é original, as suas propriedades não necessariamente são ajustadas para garantir o controle dos parâmetros ideais de uma máquina. Em outras palavras, comprar um fluido refrigerante original é essencial para assegurar que seu equipamento opere dentro das melhores especificações técnicas.

Outra vantagem que merece ser destacada ao utilizar um fluido refrigerante original é o prolongamento da vida útil do equipamento. Isso porque, como a temperatura da máquina em questão não excederá o seu limite, os componentes mecânicos não sofrerão um desgaste acelerado, principalmente por corrosão.

O mercado de fluido refrigerante adulterado

Infelizmente, existe no mundo um mercado paralelo de óleos e fluidos refrigerantes, o qual é caracterizado por fabricar produtos que estão longe de atenderem a todas as exigências de qualidade do mercado internacional.

Em vista disso, como todo fluido refrigerante precisa ser puro, livre de umidade, pH controlado e totalmente isento de substâncias inflamáveis, é preciso certos cuidados na hora de comprá-lo.

Dessa forma, confira abaixo algumas dicas para evitar adquirir fluidos refrigerantes não homologados pelas normas internacionais de eficiência e segurança:

  • veja se o produto tem especificado com clareza quem é o fabricante (muitos refrigerantes que não são originais não informam o fabricante, apenas a marca do comerciante em sua embalagem);

  • dê preferência para fabricantes que são internacionalmente conhecidos, aumentando assim as chances de adquirir um produto seguro e confiável;

  • leia atentamente todas as especificações contidas no produto, observando se há traços de adulteração, os quais são facilmente percebíveis a partir de palavras mal soletradas e logotipos estampados incorretamente;

  • redobre a atenção com produtos comercializados com preços bem abaixo do mercado, pois uma das principais características de refrigerantes adulterados é o seu baixo preço;

  • veja se o produto contém o lacre do fabricante, bem como se ele está em boas condições, afastando as possibilidades de violação;

  • confira se, além do nome do fabricante, há dados que o identifiquem com clareza, como razão social, CNPN, endereço e telefone;

  • estime se a quantidade de fluido especificada na embalagem do refrigerante é compatível com o seu peso na hora da compra.

As consequências de um fluido refrigerante de má qualidade


Como destacamos acima, além de não garantir o controle da temperatura e, consequentemente, acelerar o processo de desgaste das peças, os fluidos refrigerantes de má qualidade podem causar acidentes de trabalho, comprometendo a máquina e colocando em risco a vida dos colaboradores.

Desse modo, ao optar pela compra de um fluido refrigerante de má qualidade, você está sujeito a enfrentar determinados problemas. Veja alguns deles, a seguir.

Travamento de componentes

Uma vez que a temperatura do sistema alcançou valores acima do permitido, naturalmente haverá a expansão (aumento do volume) de várias peças. Isso inevitavelmente fará com que a máquina opere fora de suas condições de projeto, aumentando as chances de travamento de componentes mecânicos devido à dilatação térmica.

Cabe enfatizar que haverá a dilatação térmica das peças mesmo com a utilização de produtos de boa qualidade, até porque esse tipo de maquinário geralmente trabalha a altas temperaturas. Entretanto, uma vez que a temperatura não ultrapasse a permitida, essa dilatação ocorrerá sem que comprometa o sistema, alcançando valores dentro das condições de projeto.

Superaquecimento

Como o próprio nome sugere, o principal papel realizado por um fluido refrigerante é assegurar que as condições térmicas de um determinado processo não ultrapassem o limite. Nesse contexto, ao comprar um produto de má qualidade, o fluido em questão não necessariamente apresentará boas propriedades térmicas, deixando o maquinário suscetível a alcançar elevadas temperaturas e com o risco de explosão.

Problemas na manutenção

Outro problema restrito à aplicação de fluido refrigerante de má qualidade é a chance de ocorrer combustão espontânea durante a manutenção da máquina. Isso porque um fluido ruim pode conter (ou até mesmo gerar) substâncias inflamáveis, as quais ficam armazenadas pressurizadas dentro do equipamento.

Como essa máquina precisará ser aberta durante a sua manutenção, a despressurização espontânea dessas substâncias inflamáveis poderá resultar em graves explosões, colocando em risco a vida de todos que estão próximos do equipamento.

Portanto, agora que você já sabe o quão importante é adquirir óleos e fluido refrigerante de qualidade, fica mais fácil de entender as vantagens de estabelecer uma boa relação com o fornecedor desse tipo de produto. Isso porque, uma vez que há confiança com o seu fornecedor, você terá a certeza de que seu equipamento funcionará dentro dos parâmetros térmicos ideais, eliminando riscos de explosões e acidentes de trabalho.

O conteúdo foi proveitoso para você? Então, compartilhe-o em suas redes sociais e faça com que mais pessoas saibam da importância de comprar óleos e fluido refrigerante originais!


#fluidosrefrigerant #gás #óleos

4 visualizações0 comentário